Luz de estrela, de Alessandro Jucá

Atualizado: Mai 13



A pintura Luz de Estrela foi produzida em homenagem a um lugar muito especial para o pintor Alessandro Jucá. O núcleo religioso da UDV que ele participa e se inspira.


Ayahuasca é o chá utilizado pela UDV. Ele feito a partir de uma mistura de ervas amazônicas e é capaz de provocar alterações da consciência por cerca de 10 horas, sendo, por isso, utilizado para abrir a mente e criar visões místicas.


Conheça o artista


Alessandro Jucá é um artista com formação autodidata. Utiliza a a pintura a óleo e procura seu próprio caminho, tendo forte tendência para o expressionismo.






Alessandro, reparando na forte presença da natureza em sua pintura, como foi o seu primeiro contato com a arte? Teve a ver com a natureza?


Foi ainda na infância. E a principal figura foi minha mãe, que pintava camisetas e desenhava em nanquim . Desde a infância que me interessei por desenho e pintura.


E como é a sua relação com a pintura? O que ela significa na sua vida?


Minha relação com a arte é cíclica, espiralar, renovadora e caótica. Em mim funciona tal qual os jogos mentais dos processos psicológicos dos vícios: Repulsa, cansaço, depressão que só transmutam em euforia, prazer e epifania com tela, papel, pincel, cores e tintas. Sempre escrevo por aí que sou uma epifania do absurdo! A arte é essa minha eterna epifania na vida.


Tem alguém que você considere sua inspiração, seu guia? Quais são as suas referências?


Como um apaixonado por pintura, minhas referências são os grandes pintores precursores de estilos, desde o pré renascentismo à arte contemporânea. Os principais são Monet, Turner, Carybé e Iberê Camargo. Quando me considerar apto, talvez eu me aventure no universo impressionista.


Existe algum estado de espírito que te inspire a pintar?


Liberdade, Sofrimento e amor. São coisas que me inspiram muito.


Existe algum momento que te inspire? Como normalmente funciona o seu processo criativo?


Consequência do meu vício em olhar, desenhar, pintar, escrever e precisar disso quase que diariamente. A partir disso, do nada e quando quer, ele surge. Como diz o saudoso sambista João Nogueira: “Não precisa se estar nem feliz, nem aflito, nem se refugiar em lugares bonitos”. O processo resulta no que necessita ser criado um dia.


Se pudesse dar um conselho para os que estão ingressando na pintura a óleo, o que diria?


Caso tenha facilidade em desenvolver (Um certo dom), um curso de desenho acadêmico ajuda a aprimorar, caso não tenha a facilidade o curso ajuda a adquirir. A arte não é o conhecer técnico e sim o resultado de uma vivência em forma de obra. Não se deixar abater por opiniões baseadas em gostos pessoais de quem opina e começar e recomeçar todos os dias, até que um dia se entenda que isso na arte é eterno.



Encontre mais da obra do artista nos links abaixo:



Site: alessandrohrj.wixsite.com/website


Página artística no Facebook: https://www.facebook.com/jucaartesplasticas


Instagram - @alejuca


Facebook pessoal - https://www.facebook.com/alessandro.juca.1/


Páginas externas com a participação do artista


https://www.vestigiumbr.com/


Instagram - @coletivovestigium


Instagram - @ambientearte_revista


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo